[Livro] “Contos breves” de Olinda P. Gil

(Primeiro livro que li na maratona literária em que estou a participar no momento.)

23 de janeiro de 2014 (5)Este pequeno livro, como o próprio título indica, é uma colectânea de contos que a autora, Olinda Gil, escreveu na altura em que publicava as suas histórias no DN Jovem. Alguns dos contos presentes no livro foram publicados lá, outros foram escritos na mesma altura, mas trabalhados a posteriori. O livro só foi publicado muito recentemente, em novembro de 2013.

Confesso que não conhecia a escritora. Ganhei este livro num passatempo do blog da Silvana, como já vos tinha contado. Desde logo achei muito simpático da parte da autora ser ela própria a enviar-me o livro com uma pequena dedicatória e já tratei, inclusive, de começar a seguir o blog onde ela escreve, blog esse onde lhe vou deixar esta opinião também! Sei que a Olinda gosta de receber o feedback dos leitores e acho muito positivo quando podemos interagir com os escritores.

Ora bem, quanto aos contos propriamente ditos, uma coisa que me agradou logo neles foi a escrita da autora. Como já li algures, é uma escrita limpa. Tudo muito bem pontuado e com sentido. Acreditem que já li livros supostamente muito bons a pecarem nestes aspectos. Em alguns deve ter sido culpa da tradução, mas noutros, portugueses, nem por isso!

Como este é um género literário que eu aprecio muito e como me faz lembrar, de certa forma, um dos meus escritores portugueses preferidos (Pedro Paixão), o meu espírito crítico acentua-se ainda mais neste tipo de livros. Aqui, posso dizer que há contos para todos os gostos. As temáticas são bem diversas: desde o 25 de abril, à religião, passando pelo amor. Uns contos cativaram-me mais que outros. É o caso de Multidão (este até o li três vezes seguidas por gostar tanto!), Liberdade de escrita (uma grande verdade neste conto!), A vela (um ponto de vista muito interessante sobre a morte) e Como lhe dizer que o amo (quase de certeza que praticamente toda a gente já passou por algo semelhante em determinada altura da vida, nem que tenha sido na adolescência). Achei que João e Maria dava para mais e que Organismos era menos cativante que os restantes contos. Mas isto, claro, é algo muito pessoal e dependerá da personalidade de cada leitor.

Apreciei bastante as ilustrações, da autoria de Claudia Banza que, a meu ver, constam nos contos certos!

No geral, faço uma apreciação muito positiva deste livro e, lá está, faz-nos pensar se não deveríamos investir mais nos autores que temos em Portugal e se não deveríamos investir mais na língua portuguesa, sobretudo quando bem usada!

Classificação:
3/5

ilustracoes claudia banza

Anúncios

7 thoughts on “[Livro] “Contos breves” de Olinda P. Gil

  1. E eu por aqui passo! Eh eh eh
    Obrigada pelos elogios, escrita limpa e pontuação. Mas nem imaginas as gralhas que tenho descoberto depois do livro editado…
    Quanto à aposto em novos autores, não te preocupes que parece que já fui pescada 😉 Novidades em breve, também em conto (sim… em conto!) mas com uma escrita muito menos limpa.

    • Eu não detectei gralhas nenhumas, mas também é normal, porque inconscientemente lemos as coisas como elas deveriam estar, e não como realmente estão. Faz parte… também tinha muitas gralhas na primeira edição da minha tese e na segunda, mesmo tendo corrigido várias, certamente ainda ficaram bastantes, mesmo tendo sido lida por diversas pessoas! Mesmo no blog já devo ter algumas…

      Vai comunicando essas novidades 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s