[Filme] Rapariga com brinco de pérola

3f0d1e4e55fd988512c6d33821d4741f

Como vos tinha dito num dos primeiros posts deste blog, este ano tenho como objectivo ler mais livros que deram origem a filmes, e ver os respectivos filmes depois, como é óbvio. Nesse sentido, depois de ler Rapariga com brinco de pérola, e existindo uma adaptação para o cinema, lá fui eu ver o filme.

Ora, já tinha visto o filme há alguns anos atrás e tinha gostado bastante na altura, mas agora, depois de ter lido o livro, gostei menos um bocadinho!! Não é, de todo, uma má adaptação de um livro para o cinema, simplesmente alteraram um ou outro pormenor que, mesmo não alterando a história em si, diferem do original. Aliás, os melhores pormenores do livro desapareceram no grande ecrã!

As medições que a criada, Griet, faz para deixar tudo no mesmo lugar quando limpa o estúdio do pintor, a que eu achei tanta graça, não aparecem no filme, bem como a atenção que esta dá aos legumes quando os corta (no filme isto não tem qualquer lógica) e que fazem o pintor reparar logo nela no início. Um episódio que se passa também logo no início do livro entre Griet e uma filha de Johannes Vermeer só acontece mais a meio do filme. Se no livro se percebe que esse episódio condiciona parte da história, no filme, por acontecer a meio, parece uma coisa de menor importância.

O final do filme também não corresponde 100% ao livro. A criada e a esposa do pintor não se reencontram no final e o que acontece ao pintor até nem fica muito bem explícito (no livro subentende-se melhor). A parte em que Griet fura a(s) orelha(s) (no singular no filme e no plural no livro) também difere, bem como a descrição que é feita da senhora Vermeer grávida. Mas ler os livros dá nisto, o filme perde algum encanto que certamente terá para quem apenas viu o filme, sem saber a real história por detrás dele!

Em termos de actores, tenho a dizer que a Scarlett Johansson é perfeita para o papel de Griet e o Colin Firth (quem não o viu n’O discurso do rei, no O amor acontece ou n’O diário de Bridiget Jones?), como pintor, também vai muito bem! Tanto a Scarlett Johansson como Essie Davis (que faz de esposa do pintor) vão lindamente como holandesas que supostamente são no filme, apesar de na realidade serem americana e australiana, respectivamente.

Classificação:
7/10

Anúncios

3 thoughts on “[Filme] Rapariga com brinco de pérola

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s