[Opinião] “A boneca de Kokoschka

9658280Depois de Para onde vão os guarda chuvas (que foi amor à primeira vista) e de Jesus Cristo bebia cerveja (que já não foi tanto amor assim), não resisti a ler mais um livro de Afonso Cruz neste mês de Outubro. Desta vez, o escolhido foi A boneca de Kokoschka, um livro que pecou sobretudo pelo título!

Li este livro por sugestão da Roberta (Blogue Flames), que me sugeriu, inclusive, que não lesse a sinopse antes de ler o livro. Percebo agora o que a levou a fazer tal sugestão, e eu acrescentaria, se pudesse (!), que não deviam ler este título também. A boneca não é propriamente o tema central deste livro, muito pelo contrário. E acho que foi isso que me desiludiu, porque achei a ideia do que ela representava bastante original. Aliás, a primeira página do livro diz praticamente o mesmo que a sinopse e dá a entender algo totalmente diferente do que na verdade nos espera.

Esta é uma história de coincidências, de personagens que se cruzam quase miraculosamente, mas não deixo de adorar o Afonso Cruz assim mesmo. Não é, de todo, um mau livro, mas depois da minha paixão por Para onde vão os guarda-chuvas esperava mais e melhor (embora perceba que são livros diferentes, claro!). Aqui, Afonso Cruz tem igualmente uma visão dura e crua dos acontecimentos, explora a realidade com uma precisão quase cirúrgica, mas falta-lhe ali algo mais poético e sentimental que me faça ficar rendida à história.

A título de curiosidade, partilho com vocês o tempo que demorei a ler este livro. Pela primeira vez, contabilizei o tempo que uma leitura me levou. Neste caso, e tendo em conta que algumas destas páginas contêm imagens (que eu observei atentamente), a leitura demorou-me 3h15! Parece-me um bom feito! É este o tempo que demoram a tecer a vossa opinião sobre este livro e a virem cá dar a vossa opinião!

Advertisements

4 thoughts on “[Opinião] “A boneca de Kokoschka

  1. Olá Silvéria.
    Obrigada por me mencionares :p concordo contigo quanto ao título e sinopse.
    Acho que o que sentiste com este livro foi o que senti com o “Para onde vão os guarda-chuvas”
    No Flores acho que ele é ainda mais cru e real… não sei se irás gostar.
    Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s